31 de mar de 2014

Falta muito de JESUS em mim

Quando estudamos um pouco mais sobre Jesus e vemos como Ele agia, Seu amor, Sua fidelidade, Sua humildade e Sua Compaixão, fica difícil identificarmos em nós tais qualidades.
Com a proximidade da Páscoa o sacrifício de Jesus fica mais latente em nossos corações  e o que será que temos feito com essa graça maravilhosa recebida através da Cruz??
Me examino e vejo que ainda falta muito de Jesus em mim. Gasto maior parte do tempo trabalhando pra mim, descansando pra mim, comprando coisas pra mim, orando por sonhos pra mim e o próximo que é bom, muito pouco.
Tudo bem que podemos dizer que pensamos no próximo, mas quando estamos em nossa cama quentinha em dias frios e nos lembramos que outros não têm esse mesmo privilégio que nós, pouca coisa fazemos além de doar um cobertor ou levar um prato de sopa a alguém. Não que isso seja errado, até acho louvável e sei que se todos fizéssemos ajudaríamos a muitos. Mas o que quero enfatizar é que Deus espera um algo a mais de nós do que apenas fazermos doações.
Me admira pessoas que gastam suas vidas em prol de ajudar os mais necessitados, que têm compaixão como a de Cristo, sacrificando seus próprios sonhos em favor do reino de Deus e do próximo.
A pouco tempo perdi um tio e ao estar com meus primos depois de anos sem vê-los, pude constatar que um tempo lááááá atrás eles precisaram muito de ajuda, mas estávamos tão imersos em nossos problemas e buscas que em nenhum momento o procuramos para oferecer ajuda. Aquilo doeu fundo no meu coração quando dei por mim do ocorrido, e questionei a mim mesma quantas pessoas precisaram de uma palavra amiga, de uma ajuda ou apenas da minha simples presença e eu não estive presente.
Vejo que o homem a cada dia anda mais egoísta, vão em seus costumeiros cultos, servem a Deus na igreja mas passam o resto de sua semana se preocupando apenas consigo mesmo, ou quando se preocupa é somente com a Igreja "Templo" e não com a Igreja "Pessoa".
Sempre aprendi que pessoas são mais importantes que coisas, pena que o nem todos pensem assim.
Tenho visto tantas pessoas que justificam "o não estar mais na igreja" por que no lugar aonde achavam que iriam encontrar apoio, amizade e comunhão só encontram pessoas ainda mais egoístas. Tem membros que estão há anos na igreja e quando param de ir nem se quer são lembrados por ninguém para receber uma visita, um telefonema ou uma oração.
Tudo isso tem me entristecido muito nos últimos tempos e quando olho pra Jesus vejo o ser imperfeito que sou. Jesus sempre foi um Deus do individual e não da multidão. Quando estamos no meio do povo no culto Jesus está olhando pra nós individualmente, tratando individualmente e cuidando individualmente, porque Ele deseja ter um relacionamento íntimo e pessoal conosco.
Em meio a multidão Jesus escolheu 12 para andar mais próximo a Ele, em meio a multidão Ele percebeu quando a mulher do fluxo de sangue o tocou, em meio a multidão Ele ouviu quando o cego gritava: Filho de Davi, tenha compaixão de mim.
E eu e você temos nos preocupado com o que?? Já me intrometi na vida de muita gente por ver que estavam passando por algum problema e mesmo sem ter intimidade eu me aproximei, aconselhei e orei por essa vida.
Não é o trivial que todos fazem que talvez Jesus espere de nós. Mas sim o pagar o preço da oração, do discipulado e do amor.
Eu convoco os filhos de Deus a buscarem juntamente comigo mais de Cristo e mostrar ao mundo que assim como Cristo também temos nos preocupados não só em alimentar  a multidão, mas com o individual.
Eis aqui alguém que precisa excessivamente de Cristo para se torna uma pessoa melhor e padece também de orações para seguir em frente. 

"Cada um cuide, não somente dos seus interesses, mas também dos interesses dos outros. Seja a atitude de vocês a mesma de Cristo Jesus, que embora sendo Deus, não considerou que o ser igual a Deus era algo que devia apegar-se; mas esvaziou-se a si mesmo, vindo a ser serve, tornando-se semelhante aos homens. E, sendo encontrado encontrado em forma humana, humilhou-se a si mesmo e foi obediente até a morte, e morte de cruz! Por isso Deus o exaltou à mais alta posição e lhe deu o nome que está acima de todo nome, para que ao nome de Jesus se dobre todo joelho, no céu, na terra e debaixo da terra, e toda lingua confesse que Jesus Cristo é o Senhor, para a glória de Deus Pai. (Felipenses 2:4-11).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário para edificação deste ministério.